Breaking News

A TEMPESTADE DA PANDEMIA NO PLANETA ÁGUA

 Inspirado Em: Jesus Acalma A Tempestade (Lucas 8: 22-25). – Pelo Prof. ISRAEL LEAL

Estamos todos no mesmo mar, neste planeta água chamado Terra. Esse mar é uma imensidão. E nesta imensidão há pontos calmos e há pontos onde o vento bate forte, transformando a calmaria em grandes temporais, vendavais, maremotos, além dos movimentos sísmicos que causam outros tantos fenômenos naturais, principalmente das mutações deste vírus da morte que nos assolam.
Nesta imensidão que é o mar, há embarcações de todo porte, desde um transatlântico a um bote ou mesmo um pedaço de madeira ou objeto qualquer, pois nesta hora, vale de tudo para salvar nossas vidas.
Na realidade, é exatamente assim que nos encontramos. No mesmo mar, em pontos diferentes, com intempéries variadas e em embarcações diferentes, porém vivendo nesta tempestade da pandemia.
Há quem consegue navegar bem até em mares bravos, há quem não sabe navegar nem em mares calmos. Porém, o navegador deste País parece muito, em atitudes, com aquele que navegou o Titanic. Só pensa em si, na fama, no glamour e no poder.
Aqui, neste país chamado Brasil, estamos remando tão somente com o que temos.
Há quem está em bote salva vida e muitos agarrados ao que encontraram e estão tentando se salvar. Porém, estamos no mesmo mar, mesmo sem saber em que ponto deste imenso mar estamos.
Bom é ser solidário com quem está em botes salva-vidas ou agarrados ao que encontraram sem terem escolhas, é o que eles tem pra navegar. Os moradores de rua, os pequenos artistas os vendedores ambulantes, os donos de bares e restaurantes…
Enquanto o messias maluco, o governante cloroquina, não tem sensibilidade com o seu povo, precisamos clamar ao verdadeiro Messias pois só Ele é quem pode aquietar o vento e o mar, banido a tempestade desta pandemia.
Bom é manter os olhos abertos e atentos pra enxergar o farol da vacina, para ancoramos em um porto seguro e voltar à terra firme.
Bom é perseverar e esperançar.(ISRAEL LEAL – Mestre em Teologia/ Professor da Rede Pública/ Licenciado em História/ Pós-graduando em História da Cultura Afrodescendente no Brasil/ Bacharel em Direito/ Pós-graduado em Compilance Jurídico)

Nenhum comentário