Breaking News

NOVO VOLWSWAGEM TIGUAN ALLSPACE 2022 É APRESENTADO OFICIALMENTE


Renovado na Europa há quase um ano, o Volkswagen Tiguan ficou devendo a reestilização para a versão esticada Allspace. Esta variante finalmente é apresentada oficialmente pela marca, adotando as mesmas linhas vistas na configuração menor, além de receber mais equipamentos, porém sem contar com a opção híbrida como era esperado. Produzido no México, o SUV médio começará a ser vendido em no 2º semestre nos EUA, mas deve desembarcar aqui em 2022.
A reestilização do Volkswagen Tiguan 2022 mexe muito mais na frente, alterando o para-choque dianteiro para que tenha uma nova entrada de ar bem larga e que fica maior nas extremidades. A grade também foi redesenhada de leve, recebendo uma linha em LED no meio, estilo que a fabricante tem usado nos últimos lançamentos, como o inédito Taos e até no novo Polo. Esta linha tem uma continuidade com a iluminação diurna nos faróis.

Mudou muito menos na traseira, agora adotando o nome “Tiguan” por extenso logo abaixo do logotipo da Volkswagen. Outra mudança está no para-choque, usando uma linha refletiva bem fina e fingindo que tem quatro saídas de escapamento (na prática, só adicionou uma divisão na cobertura que já existia).
Agora que o Taos existe em alguns mercados como o norte-americano, o Tiguan teve que subir um pouco o nível. Virá com faróis de LED de série e roda de liga leve de 17” (pode chegar a 20” com os opcionais). O painel de instrumentos digital de 8” também vem desde a versão básica, enquanto as mais caras podem adotar um display de 10”. Recebe a central multimídia MIB3 usada também no Golf e que está presente em todas as versões exceto a de entrada, compatível com Android Auto e Apple CarPlay sem fio e com um carregador wireless para smartphones.
A lista continua com bancos dianteiros aquecidos de série, com a opção de receber ventilação e volante também com aquecimento. Adota o pacote IQ.Drive para todas as versões exceto a mais básica, com alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, monitoramento de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, controle de cruzeiro adaptativo, assistente de permanência em faixa e mais. O Tiguan mais barato adota menos itens, mas ainda tem o alerta de colisão dianteira e traseira.

A má notícia está na parte mecânica. Na Europa, contará com o 1.5 turbo de quatro cilindros, de 150 cv e 25,5 kgfm de torque (uma evolução do 1.4 TSI, com tecnologias como desativação de cilindro). A opção mais cara utilizará o 2.0 turbo em duas configurações. A mais básica conta com 186 cv e 30,6 kgfm, mas a variante europeia também oferecerá uma com 245 cv e 37,7 kgfm como no Golf GTI. O Velho Continente terá a transmissão automátizada DSG de dupla embreagem e 7 marchas e tração integral 4Motion de série, enquanto os EUA terá uma caixa automátic de 8 marchas e conversor de torque.
Como o Volkswagen Tiguan Allspace 2022 será produzido no México para a maior parte do mundo (com exceção da China), este primeiro momento deve ser dedicado para mercados mais importantes como Estados Unidos e Europa. Com isso, a chegada do SUV médio ao Brasil deve acontecer somente no ano que vem, apenas com o motor 2.0 turbo (a fabricante até encerrou a venda do 1.4 TSI), para diferenciá-lo do Taos. (Fonte: 4 Rodas)

Nenhum comentário