Breaking News

BOLSONARO DIZ QUE PEDIRÁ ABERTURA DE PROCESSO CONTRA BARROSO E MORAES NO SENADO

 



O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado, 14, um dia após a prisão de seu aliado Roberto Jefferson, que não pretende provocar uma ruptura institucional e que irá levar ao Senado Federal um pedido de abertura de processo contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso que também preside o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Jefferson foi preso por agentes da Polícia Federal na manhã de sexta-feira, 13, após Moraes decretar sua prisão por suposta participação em uma organização criminosa digital montada para realizar ataques à democracia.

“Todos sabem das consequências, internas e externas, de uma ruptura institucional, a qual não provocamos ou desejamos. De há muito, os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, extrapolam com atos os limites constitucionais”, publicou Bolsonaro em uma rede social.

Bolsonaro ainda aludiu à sabatina no Senado de Alexandre Moraes, quando da sua indicação ao Supremo. "Lembro que, por ocasião de sua sabatina no Senado, o Sr. Alexandre de Moraes declarou: "reafirmo minha independência, meu compromisso com a Constituição, e minha devoção com as LIBERDADES INDIVIDUAIS", destacou.

Ao fim da sequência de postagens, Bolsonaro subiu o tom ao dizer que o "povo brasileiro não aceitará passivamente que direitos e garantias fundamentais (art. 5° da CF), como o da liberdade de expressão, continuem a ser violados e punidos com prisões arbitrárias, justamente por quem deveria defendê-los".

Fonte: A Tarde

Nenhum comentário