Incidente ocorreu neste domingo, no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

O piloto particular de helicóptero e policial civil Adonis Lopes foi sequestrado na tarde deste domingo (19) no Rio de Janeiro, por dois homens que contrataram o serviço para um passeio sobrevoando a Praia dos Ossos, em Angra dos Reis. De acordo com o jornal ‘O Globo’, no retorno do passeio, os passageiros ameaçaram o piloto com uma arma e pediram para que ele se dirigisse ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Segundo a publicação, o piloto conseguiu acionar as autoridades da aviação por meio de um código, para avisar que havia uma interferência no voo.

O piloto tentou argumentar com os bandidos para evitar que a aeronave fosse abatida ao fazer o pouso no complexo, o que resultou em uma luta corporal. Após a briga, os bandidos e o piloto conseguiram chegar em um acordo e eles foram deixados em um matagal, em Niterói, ainda com a aeronave em movimento. A polícia chegou a fazer um cerco na área, mas não localizou os bandidos. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco).