Breaking News

JUSTIÇA CONDENA PASTOR VALDEMIRO SANTIAGO A PAGAR 35 MIL A RUI COSTA POR ACUSAÇÃO DE " PACTO COM O DIABO"



A Justiça condenou o pastor Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 35 mil ao governador da Bahia, Rui Costa (PT).

O governador alegou no processo que o pastor teria dito que ele “fez pacto com o capeta” por ter adotado medidas de combate à Covid-19. Entre essas medidas estava a proibição do funcionamento de igrejas.

A decisão, da juíza de direito Indira Fábia dos Santos Meireles, da 1ª Vara Cível e Comercial de Salvador, aponta que a fala do pastor teria sido registrada durante um programa de televisão, transmitido no dia 24 de março de 2020 e que ele, em sua defesa, ressaltou que a fala não foi direcionada a Rui e que possui liberdade de expressão.

Os advogados do governador assinalaram que o pastor, ao se referir às medidas adotadas pelo estado, não teve cuidado em direcionar ofensas à honra e integridade de Rui Costa e que Valdemiro, “ao fazer menção sobre as medidas restritivas em decorrência da pandemia da Covid-19, alega que o governante “bate cabeça aí na Bahia que eu sei”, dizendo ainda que o mesmo é “autoridade tonta, incrédulo e arrogante”, e que deveria “ameaçar o pessoal ai de sua casa””.

Na sentença, a juíza destacou que “Ora, não há de prosperar qualquer dessas alegações. A uma, que não é preciso ser nenhum expert para vislumbrar que, a todo momento em seu programa, o que fora dito pelo requerido foi sim, direcionado ao Governador da Bahia, ora autor desta demanda”.

De acordo à juíza, Valdemiro Santiago, em um vídeo, já sabendo do processo de Rui Costa contra ele, fez deboches, soltou piadas no decorrer do programa e reconheceu que “ao proferir as palavras no programa televisivo do dia 24/03/2020, estava se referindo sim, ao autor desta ação.”

Em nota, o governo da Bahia afirmou que é muito bom saber que a Justiça brasileira está atenta e age com o rigor da lei contra aqueles que causam danos morais e outros prejuízos à honra dos cidadãos.

Bnews

Nenhum comentário