Breaking News

SEABRA: CARRO É ARRASTADO PELA CORRENTEZA DO RIO COCHÓ, AO TENTAR PASSAR PELO DESVIO EMBAIXO DA PONTE DO BAIRRO UNIÃO


Foto: Chapada News

Um carro foi arrastado pelas correntezas do Rio Cochó, que passa por baixo da Ponte do Bairro União, na cidade de Seabra, na Chapada Diamantina, por volta das 20h30, da noite desta segunda-feira (13). O motorista tentou atravessar por um desvio que é muito utilizado em épocas de estiagem, mas recentemente, com as chuvas, voltou a apresentar grande volume de água. O condutor, identificado como “Dega da Camela”, é da cidade de Brotas de Macaúbas, estava a caminho de Salvador e deixaria o carro na casa da irmã em Seabra.

Segundo “Dega”, ele resolveu seguir o desvio da ponte, quando de repente deparou com o “Riacho”. Tentou frear o carro, um Gol, mas a correnteza arrastou o veículo água a baixo, passando por baixo da ponte. O carro começou a encher de água, as portas travaram. Somente após o veículo bater numa árvore e quebrar o vidro traseiro, foi que o condutor conseguiu sair, com vida e algumas escoriações. Dega disse estar muito abalado e assustado com o ocorrido.

“Fui passar por um desvio e nem imaginava que tinha esse riacho aqui. Quando “destampei” foi dentro d’água”, conta Dega.

Ainda durante a madrugada, quando a Polícia recebeu informação de um carro dentro do Rio, a Brigada Voluntária Anos da Chapada foi acionada e ficou por longo tempo fazendo buscas por todo o curso do rio na cidade, a fim de localizar o motorista, uma vez que não se sabia o paradeiro do mesmo. Reportagem do Chapada News foi ao ar, pedindo informações sobre o dono do veículo e sua localização. Em seguida soube-se que o motorista estava bem e com vida.

Fica o alerta, o Rio Cochó está com alto volume de água e forte correnteza. Não usem o desvio abaixo da ponte e nem tentem nadar sem a devida habilidade de natação. O Comandante, Cézar Maciel, da Brigada Anjos da Chapada, afirma que a correnteza pode levar facilmente uma pessoa que não tenha muita destreza com nado. Veja video:

 

Chapada News.

Nenhum comentário