Breaking News

TRISTEZA: TURISTA E PROMOTORA DE JUSTIÇA DO AM NÃO RESISTE E MORRE APÓS SE AFOGAR PERTO DE PORTO SEGURO


Simone Martins Lima, de 52 anos, estava internada desde 31 de dezembro, quando sofreu afogamento em uma praia de Arraial d’Ajuda, falecendo ontem (5/1).

A promotora de Justiça do Amazonas, Simone Martins Lima, de 52 anos, morreu na madrugada de quarta-feira (05) no Hospital Luís Eduardo Magalhães, na cidade de Porto Seguro. Ela estava internada desde o dia 31 de dezembro, depois de se afogar em uma praia de Arraial d’Ajuda, onde passava férias com a filha.

Segundo a polícia, a promotora teria passado mal durante um mergulho e foi levada para o hospital, mas não resistiu e morreu cinco dias depois, por complicações do afogamento. O corpo foi liberado do Instituto Médico Legal de Porto Seguro ainda na quarta-feira (05) e já foi transladado para Manaus. O velório está previsto para esta sexta-feira (07), a partir do meio-dia, na capital amazonense. A promotora foi delegada de polícia com apenas 29 anos e ingressou no Ministério Público do Amazonas em 19 de julho de 1998.

Repercussão no Amazonas.

Em nota, o Ministério Público o Amazonas (MP-AM) disse que o órgão sofre uma perda irreparável e lamentou a morte de Simone. “O Ministério Público do Amazonas sofre irreparável perda, com o falecimento de sua Promotora de Justiça Simone Martins Lima. A manauara, de 52 anos, pautou sua vida na Justiça e na Defesa da sociedade contra crimes, principalmente dos mais indefesos: os infantes amazonenses”. A Associação Amazonense do Ministério Público (AAMP) também emitiu comunicado sobre o falecimento da membro do MP. “Que Deus a receba em sua morada celestial e fortaleça a fé dos seus entes queridos”. // Radar 64.

Promotora do MPAM morre por afogamento na Bahia – O Poder

Nenhum comentário